Oferta!

Carinhas para Trabalhar Sentimentos

R$ 5,50 R$ 0,00

Ajude a criança a IDENTIFICAR, RECONHECER e refletir sobre seus sentimentos e emoções.

Arquivo PRONTINHO pra usar!


ATENÇÃO:
 o arquivo da atividade NÃO É ENVIADO por E-MAIL!

Assim que a COMPRA FOR APROVADA pelo banco/cartão, o sistema envia um e-mail com um LINK PARA BAIXAR  o arquivo.

‎O e-mail com o link pode ACIDENTALMENTE entrar para a CAIXA DE SPAM.

Descrição

As Carinhas para Trabalhar Sentimentos  ajudam as crianças a identificar, reconhecer e refletir sobre seus sentimentos e emoções.

Use no momento da roda da conversa e avaliação da aula.  Super simples de fazer e usar!

 

DETALHES DO PRODUTO:

Contém 5 folhas com Carinhas para Trabalhar Sentimentos  prontas para imprimir e usar + 1 folha com instruções.

  • O arquivo é para ser impresso em PAPEL A4 (sugiro papel 120g branco ou papel lumi paper colorido )
  • Arquivo no formato .PDF

Recomendo a IMPRESSÃO NO MODO “ÓTIMO” da impressora para que as cores fiquem bem definidas (a cor do impresso dependerá da qualidade de impressão e tipo de impressora usada).

Caso não receba o e-mail PARA BAIXAR O ARQUIVO, verifique a sua CAIXA DE SPAM / LIXO ELETRÔNICO.

  • Você também poderá BAIXAR o arquivo sempre que quiser, acessando sua conta na loja >> Minha conta – LOJA PPD
  • Esse recurso foi feito em .PDF. Por favor certifique-se de que você tenha um aplicativo leitor de .PDF para abri-lo.

 

PASSO A PASSO PARA FAZER SUAS CARINHAS:

1- Imprima o arquivo. ATENÇÃO! Selecione para “IMPRIMIR PÁGINA 1 à 5”, evitando impressão de folhas indevidas.

2- Recorte a folha contornando os traços

3- Cole o molde em um papel mais resistente (colorset, papelão…) ou faça círculos de EVA coloridos

4- Cole um palito em cada carinha para facilitar o manuseio

DICA:  você também poe imprimir os moldes e transferir para um papel mais resistente.

 

“Falar sobre os sentimentos ensina a criança que, de vez em quando, é normal sentir-se triste, zangada ou assustada. Com uma tolerância maior em relação aos sentimentos mais dolorosos, a criança torna-se livre para desfrutar seu mundo, para sentir-se segura com suas habilidades e ser feliz. E crianças felizes têm autoconfiança necessária para lidar com as dificuldades e também para libertarem-se da insegurança e, assim, ficarem abertas para a vida e todas as suas possibilidades.” (Melbourne, psicóloga infantil, 2005)

Informação adicional

Idades

, ,

Assuntos

, , , ,

Tipo de Arquivo

Você também pode gostar de…