Por Helen Penna

Olá, queridos leitores! Meu nome é Helen Penna e tenho o melhor emprego do mundo! Sou professora de musicalização de bebês e crianças!

 

Tudo começou com a minha mãe, que cantava para mim e para os meus irmãos desde que estávamos na sua barriga! Me lembro dela cantando para a gente (e com a gente) durante o dia inteiro ao longo da nossa infância. Nossa vida era embalada por sua doce voz e por uma seleção impecável de músicas que ela colocava para tocar no gravador, dentre elas as do Vila Sésamo e as da Arca de Noé.

 

Aos 10 anos comecei a estudar piano e segui nesse instrumento até praticamente os 17, quando minha família se mudou para os Estados Unidos. Ali moramos por 1 ano, e eu descobri o que queria. Queria tocar flauta transversa! “Ué, mas você não fazia aulas de piano?” – você pode perguntar. Fazia sim, e sou muito grata por ter iniciado meus estudos de música nesse instrumento. Porém, minha paixão era a flauta. Comprei, então, a minha primeira flauta transversa e comecei, sozinha, a desbravar o instrumento.

 

Aos 19 anos, já de volta ao Brasil, comecei a fazer aulas com uma professora particular. Foi quando soube que queria cursar Música na faculdade. E assim foi. Me graduei bacharel em flauta transversa pela Universidade Estadual de Minas Gerais, na classe de um dos melhores flautistas de Belo Horizonte, o Professor Fernando Pacífico. Não demorou muito, entretanto, entendi que minha paixão não era tocar em concertos ou numa orquestra. Minha vida era dar aula! Até então eu só dava aulas de flauta e já era apaixonada pelo ensino.

 

Como foi, então, que os bebês e as crianças surgiram em minha caminhada? Por mero acaso! Eu estava me preparando para dar aulas para adultos em uma escola de música de Belo Horizonte, quando a professora responsável pelos bebês e crianças precisou deixar o trabalho. Com isso, a direção da escola propôs que eu a substituísse. Já viu, né? Desafio à vista! Eu não sabia absolutamente NADA sobre o universo da musicalização infantil.

 

 

MAS… encarei o desafio e iniciei uma série de cursos e estudos sobre o assunto. Resultado? ME APAIXONEI.

 

De lá pra cá, já são alguns anos trabalhando apenas com bebês e  crianças (dos 6 meses até os 6-7 anos) e muitos, mas MUITOS, cursos em meu currículo.

 

 

Comecei o meu instagram @musicalizacaoinfantil e minha página no facebook/musicalizacaoparacriancas com o objetivo de ter um histórico daquilo que fazia e poder combinar outra paixão: a fotografia. E foi assim, fotografando meu material e postando minhas atividades, que a Denise me conheceu e me convidou para ser colunista aqui no Blog. Então é isso, minha gente! Estou aqui para compartilhar um pouco desse universo maravilhoso que é a musicalização infantil.

 

 

De uma coisa eu tenho certeza: a música é mágica e tem o poder de tocar dos bebês aos idosos! Isso me fascina. Meu desejo é poder passar um pouco da minha paixão e do que eu faço para vocês!